18 de novembro de 2010

Contra o endividamento

O crédito pessoal é vantajoso para casos específicos.
Porém, não é uma solução genérica para todos os problemas financeiros.


O crédito pessoal é uma modalidade de crédito bastante vantajosa em determinadas situações como já referimos em artigos anteriores. O crédito pessoal tem características muito específicas e é bastante fácil de obter.

Algumas empresas de crédito já concedem empréstimos de montantes superiores a 20.000€, contudo a maioria dos bancos limitam o crédito a quantias reduzidas com taxas de juros geralmente elevadas. Devido à rapidez e facilidade que caracterizam o crédito pessoal, esta modalidade é cada vez mais solicitada para vários tipos de financiamento, seja para bens de consumo, ou tenha como destino a realização de uma viagem, tratamentos de saúde ou o investimento na educação, entre outros.

No entanto, o recurso a este tipo de produtos financeiros pode ser arriscado, quando é realizado de forma impulsiva e exagerada, podendo resultar no endividamento. Muitas pessoas recorrem a sucessivos créditos pessoais para conseguirem manter um estilo de vida acima das suas reais possibilidades, pois gastam mais do que aquilo que os seus rendimentos lhe permitem efectivamente suportar.

Somos constantemente bombardeados por campanhas publicitárias que nos incentivam a comprar produtos muitas vezes supérfluos, prometendo-nos uma felicidade instantânea. Quando não temos dinheiro suficiente para adquirir tais produtos há sempre uma empresa de crédito que nos facilita a vida e empresta-nos.

É verdade que há certos produtos que nos trazem felicidade, no entanto é um sentimento efémero e insignificante quando comparado com o peso da responsabilidade associado à obrigação de pagar todos os meses várias prestações do créditos contraídos. É necessário reflectir muito bem sobre as reais necessidades de pedir um empréstimo antes de se deixar levar por um impulso consumista e solicitar mais um crédito pessoal.

3 comentários:

Mamã do Príncipe Pipoca disse...

Não podia concordar mais contigo. Há pessoas que desgraçam a vida à conta dos créditos.

Carla disse...

Sou 100 % contra os créditos.. Só servem para alimentar a desgraça!
:)

bymiminhos disse...

FUJAM DOS CREDITOS PESSOAIS!!! lolol agora a sério...são como as maçãs com bicho..bonitos, reluzentes e atractivos mas podres....só desgraçam!!!

off topic: tens 1 desafio pa ti no meu blog!! =)bjos